Blog


Como controlar a manutenção e limpeza do condomínio?


Quando se trata de gestão de condomínio, existem muitas coisas que devem ser consideradas. Inclusive, você já parou para se perguntar como controlar a manutenção e limpeza do condomínio de forma eficaz?

Gerenciar todas as unidades e manter as áreas comuns em um condomínio pode ser algo cansativo e estressante.

Se você é síndico, há muito o que manter em ordem, incluindo: revisão da estrutura do prédio, limpeza de tubulações, manutenção de sistema de segurança e muito mais.

Todas as questões citadas acima estão diretamente relacionadas à inspeção predial, que é necessária para identificar possíveis problemas no condomínio — relacionados a manutenção e limpeza — e corrigi-los.

Dito isso, é essencial que os síndicos compreendam o que é necessário fazer para aplicar uma inspeção e manutenção predial eficiente.

Para te ajudar na árdua tarefa de manter seu condomínio em perfeitas condições, neste artigo, daremos algumas dicas para ajudar a manter a manutenção e limpeza do local. Confira!

Dicas para controle da manutenção e limpeza do condomínio

Aqui está a nossa lista com algumas dicas importantes para você que deseja fazer o controle da manutenção e limpeza do condomínio.

  1. Crie um planejamento
    Você pode desenvolver um calendário de inspeção para certificar-se de que tem controle sobre a supervisão de pequenas coisas, como o extintor de incêndio, por exemplo.

    Para evitar multas, realize todas as inspeções necessárias no prazo — que são exigidas por leis. Com a verificação periódica, você deixa tudo em ordem e pode eliminar qualquer possível multa.
  2. Adote uma abordagem preventiva
    Se você deseja evitar grandes problemas e reparos caros, é melhor seguir uma abordagem preventiva. Isso permitirá que fique de olho tanto em questões de segurança quanto de sistemas elétricos e hidráulicos.

    Manter essa abordagem preventiva é importante para todos no condomínio, incluindo moradores, funcionários, síndico, visitantes e assim por diante.
    A regra é manter e reparar e, se necessário, substituir. Com os devidos cuidados e atenção, você poderá fazer com que certos aparelhos e sistemas durem muito tempo.

    Dessa forma, você também não terá que enfrentar surpresas, como colapsos repentinos relacionados a energia ou segurança, por exemplo.

    A manutenção do condomínio é muito mais econômica do que ter as coisas completamente substituídas.
  3. Resolva os problemas conforme eles aparecem
    Aqui está uma dica muito importante relacionada à manutenção e limpeza do condomínio: caso algum problema surja, resolva o mais rápido possível.

    Por mais que você realize inspeções e tenha uma abordagem preventiva, alguns problemas inesperados podem surgir e será necessário lidar com eles.

    Caso isso aconteça, é importante que uma medida seja tomada o quanto antes para resolver a situação para que ela não fique pior.

    Além disso, é essencial que os condôminos não causem perturbações durante as manutenções. Para evitar essa situação, a comunicação é muito importante, já que estamos falando de um problema inesperado.
  4. Foque na segurança
    Outra dica importante de manutenção é proteger os moradores de qualquer caso de furto ou vandalismo. Certifique-se de que áreas como estacionamentos ou garagens estejam devidamente iluminadas e monitoradas.

    Além disso, certifique-se de que todas as portas externas e áreas comuns estejam travadas de forma adequada e segura.

    Os proprietários de condomínios também fariam bem em investir em melhor segurança e, assim, evitar enfrentar problemas incomuns a longo prazo.
  5. Foque na manutenção do condomínio
    Sempre que falamos de medidas preventivas, a limpeza do encanamento é algo que deve estar sempre em primeiro lugar na lista.

    Certifique-se de que um profissional venha visitar e limpe regularmente todos os principais drenos e linhas de esgoto.

    Isso ajudará essencialmente a reduzir o risco de entupimentos, que é um grande problema para o condomínio.
  6. Fique de olho em rachaduras
    Além de monitorar e realizar verificações regulares em questões como drenagem e outras configurações de equipamentos, também é importante verificar problemas como rachaduras que aparecem nas calçadas ou mesmo nos estacionamentos.

    As superfícies irregulares precisam ser reparadas o mais rápido possível para evitar qualquer problema futuro, como uma rachadura maior.
  7. Cuide da imagem do condomínio
    A aparência do condomínio também é uma coisa importante a considerar quando se trata de manutenção e limpeza da edificação.

    Tente adicionar pinturas, cores, até mesmo uma paisagem totalmente nova para tornar o interior do condomínio (áreas comuns) mais elegante. Existem muitas maneiras econômicas de dar uma aparência nova e atraente ao local.

    Certifique-se de utilizar as cores certas ao planejar fazer uma nova pintura. Há um número de SKU (código) específico na etiqueta de tinta que você compra. Você também pode obter as informações diretamente com a loja onde comprou os galões de tinta.

    Dessa forma, ao saber a cor exata que está pintando o condomínio, você poderá comprar a mesma tinta quando for necessário utilizá-la novamente.
  8. Esteja preparado para emergências
    Esta dica de manutenção é vital: esteja preparado para qualquer situação de emergência. Você deve ter um plano detalhado.

    Desde manutenção relacionada a segurança a questões de energia, tudo precisa ser cogitado para que um plano de emergência seja traçado.

    Isso inclui planejar e implementar uma comunicação eficiente que inclui todas as pessoas que acessam o condomínio.
  9. Cuide dos disjuntores
    Mesmo que não seja um eletricista, você deve ter um plano pronto para o caso ocorra algum problema com os disjuntores do condomínio.

    Existem muitos interruptores padrões em novas unidades de condomínio e é importante que você tenha a orientação correta para saber como lidar com eles.

    Depois que tomar as primeiras medidas necessárias, entre em contato com um eletricista para que ele possa verificar o problema, caso seja necessário.
  10. Não esqueça das áreas comuns
    Existe muito o que fazer quando se trata de manutenção e limpeza das áreas comuns de um condomínio.

    Certifique-se de que tudo esteja limpo e organizado — piscina, academia, playground, gramados, árvores, arbustos, etc. Isso servirá para manter a segurança dos moradores e melhorar a aparência geral do seu edifício.

    Quanto às ruas e estacionamentos, certifique-se de que estejam bem iluminados e pavimentados corretamente. Itens como lixo devem ser coletados regularmente.

Conclusão

A gestão do condomínio não precisa causar dor de cabeça ao sindicato. Tudo o que você precisa é de um plano detalhado e registro de suas inspeções e verificações regulares, você pode utilizar o App da Manu para facilitar o seu dia a dia, pois lá você agendamentos para as manutenções preventivas e as ordens de serviço para as manutenções corretivas.

Fique de olho nos equipamentos e tome medidas preventivas variadas que o ajudarão a economizar nos custos de manutenção.

Com uma mentalidade focada na prevenção de problemas, os síndicos podem gerenciar facilmente a manutenção e limpeza do condomínio.


Faça um teste!

Veja todas as funcionalidades em ação.

Startup acelerada por:

B2Mamy   Sebrae   Founder Institute   WeWork Labs