Blog


Descubra o que não pode faltar para uma boa segurança condominial


Você sabia que entre os anos de 2012 e 2016 o Brasil apresentou mais mortes violentas do que a Síria ― país que vive em guerra civil? Os fracassos sucessivos das políticas públicas aumentam a sensação de impunidade dos brasileiros em relação à violência.

Com o avanço do problema, surgem questionamentos de como tornar o ambiente familiar e as residências mais seguras. Por isso, separamos, neste post, quatro dicas de como melhorar a eficiência da segurança condominial. Confira!

1. Oriente os profissionais das portarias

É um erro comum nos edifícios não treinar os funcionários que lidarão com moradores, visitantes e profissionais de serviços. Como são os principais encarregados pela liberação da entrada e saída de pessoas, é importante ficar atento.

Tanto o síndico como os demais moradores podem contribuir com o objetivo de aprimorar a segurança. Conversas informais, pautas nas assembleias gerais e treinamentos periódicos os deixarão alertas às possibilidades de furtos, assaltos e brechas na segurança do condomínio.

Assim, é importante manter um bom canal de comunicação e relacionamento com os funcionários. O cotidiano das tarefas faz com que eles percebam com mais facilidade hábitos e comportamentos incomuns na vizinhança ― que em muitas vezes colocam em risco o bem-estar dos moradores.

2. Crie procedimentos eficazes de segurança

Veja essa situação: Virgínia recebeu alguns amigos em seu apartamento durante o feriado. No fim de semana, um deles pediu uma carona até o aeroporto. Ela, na pressa de ajudar o amigo e com medo de ele perder o voo, saiu rapidamente com o carro da garagem ― e esqueceu o portão eletrônico aberto.

Isso soa familiar para você? São várias as situações cotidianas em que os moradores se tornam vulneráveis a furtos e assaltos. Para que isso não aconteça, procure criar normas e catálogos simples de convivência. Por mais básicos que possam parecer à primeira vista, o objetivo é internalizar esses hábitos em todos os condôminos ― ao ponto de tornar-se automático.

Alguns exemplos são:

  • manter os portões e portas de acesso ao prédio sempre fechadas;
  • esperar os portões eletrônicos trancarem completamente;
  • confirmar quem aguarda você à porta (olho mágico);
  • receber entregadores na guarita.

3. Invista na infraestrutura física

O nível de proteção das casas e dos edifícios é relacionado a quatro fatores principais: portões, muros, guaritas e cercas. Com o desenvolvimento da engenharia e da arquitetura, as estruturas físicas das residências se tornaram cada vez mais modernizadas. Entretanto, ainda é possível ocorrer equívocos no planejamento.

Evite negligenciar aspectos básicos de segurança predial ― em casos de manutenção preventiva ou grandes reformas. Por exemplo: certifique-se de avaliar qual será a altura mínima dos muros, como foram feitas as estruturas internas e externas das guaritas dos porteiros, quais são as opções de dispositivos de passa volumes e se há necessidade de adquirir sistemas que sejam intertravados ― cujos portões posteriores só abrem após o fechamento dos anteriores.

Além de deixar o condomínio seguro, melhorias dessa natureza proporcionam maior valorização de mercado das unidades dos apartamentos.

4. Fique atento à segurança eletrônica

Quando se trata de monitoramento remoto, a tecnologia oferece variadas opções de investimento. No entanto, é importante lembrar que, após a consideração e a compra dos equipamentos, é necessário treinar os funcionários para utilizá-los corretamente.

É preciso avaliar itens como sistemas de iluminação, câmeras com gravação local, alarmes remotos e mecanismos de controle de acesso. Eles têm como objetivo acompanhar e fiscalizar o perímetro ― todas as entradas, saídas e pontos cegos do condomínio.

Assim, a segurança condominial eficaz é baseada em três pilares: diálogo entre condôminos e funcionários, manutenções estruturais e arquitetônicas atualizadas, e sistemas eletrônicos eficientes de segurança.

Esta leitura foi útil para você? Continue conosco, assine a newsletter e receba em sua caixa de entrada as mais recentes novidades!


Faça um teste online!

Veja todas as funcionalidades em ação.

Startup acelerada por:

B2Mamy   Sebrae   Founder Institute