Blog


Contratação e avaliação de fornecedores, você sabe fazer?


Saber como fazer a contratação e avaliação de fornecedores é uma tarefa extremamente importante em qualquer área, especialmente quando se trata de gestão de condomínio.

Isso é importante para que o condomínio não tenha gastos desnecessários e os produtos e serviços oferecidos pelos fornecedores sejam de qualidade.

Caso isso não aconteça, o resultado pode ser de prejuízos no quesito de qualidade, entrega e custo. Por esse motivo, ao pesquisar e contratar fornecedores é tão importante ter critérios bem definidos.

Porém, com tantas opções de fornecedores disponíveis no mercado, como saber escolher um que realmente seja bom para o condomínio e evitar problemas?

Para te ajudar, neste artigo, daremos algumas dicas sobre como avaliar e contratar bons fornecedores.

Continue a leitura e confira!

Dicas para avaliar e contratar fornecedores
A gestão de fornecedores não deve se limitar apenas à fase de compra. A equipe de “compras” pode e deve ser mais ativa em todo o processo de produção.

A gestão ativa de fornecedores pode produzir resultados surpreendentes. Aqui estão algumas dicas práticas para ajudá-lo a conseguir isso.

  1. Defina o que você espera do fornecedor e relate-o
    Antes mesmo de começar a pesquisar por fornecedores é importante que tenha definido o que você espera dele.

    Faça uma lista com as suas necessidades e por quais tipos de fornecedores está buscando.

    Feito isso, quais são os principais critérios para a escolha do fornecedor? O trabalho deve ser feito de maneira mais rápida, mesmo que custe mais caro? Ou a prioridade é que o fornecedor cobre de acordo com o orçamento já definido?

    A sua lista pode conter diversos aspectos, mas alguns dos principais são:

    - Qualidade;
    - Valor cobrado;
    - Prazo;
    - Relacionamento.

    Todos estes pontos devem ser levantados para que você possa encontrar o melhor fornecedor possível para a sua necessidade.
  2. Verifique a reputação do fornecedor no mercado
    Depois de compreender o que você busca em um fornecedor, está na hora de começar a fazer pesquisas.

    Você poderá encontrar diversas opções de fornecedores ao fazer uma simples busca no Google. Ou, então, pode ser que tenha uma lista com indicações de fornecedores.

    A grande questão é que você sempre precisará avaliar qual é a reputação do fornecedor no mercado antes de contratá-lo.

    Fazer isso é muito importante, pois fornece informações de desempenho. Isso porque se um fornecedor tiver boas avaliações de outros condomínios, significa que as chances dele atender às suas necessidades são altas.

    No entanto, isso não quer dizer que você não deva dar oportunidades para novas empresas no mercado, principalmente quando elas oferecem soluções inovadoras.

    Contudo, é necessário que, caso tenha interesse em contratar uma nova empresa no mercado, que faça isso com cautela. Por exemplo, inicialmente, pode contratar serviços menores.

    No momento de fazer pesquisas na internet, busque pelas redes sociais do fornecedor e também verifique sites de reclamações, como Reclame Aqui.
  3. Desenvolva políticas de melhores práticas
    Procure boas ideias e compartilhe-as com a base de fornecedores. Isso pode não ser muito comum, mas é uma prática entre algumas das melhores empresas do mundo.

    E uma vez que elas reúnem informações relevantes de um fornecedor, as utilizam para melhorar o restante de sua base de fornecimento.

    A prioridade nem sempre deve ser o desempenho de seus sistemas internos, mas sim o desempenho dos sistemas do fornecedor.
  4. Conheça bem seus principais fornecedores
    Conhecer bem seus fornecedores-chave não significa apenas auditar o fornecedor a cada um ou dois anos e preencher um relatório.

    Você ou seus funcionários devem visitar os fornecedores regularmente. Quanto mais conhecemos os fornecedores e seu papel no processo de abastecimento, maiores são as chances de:

    - Identificar oportunidades em termos de custos;
    - Qualidade;
    - Entrega;
    - Desenvolvimento de novos produtos;
    - Desempenho sustentável da cadeia de abastecimento.

    Alguns compradores não saem de suas mesas, exceto para se dirigir à recepção para cumprimentar um fornecedor que vem para uma reunião.

    Para maior eficiência, os compradores devem ser incentivados a realizar uma gestão prática dos fornecedores.
  5. Alinhe o número de fornecedores que você gerencia com seus recursos
    A quantidade de recursos usados ​​para gerenciar fornecedores é uma conta difícil de conciliar na maioria das organizações e isso também serve para condomínios.

    Você só pode gerenciar com eficácia um número finito de fornecedores com uma abordagem bem definida e prática.

    Para gerenciá-los de forma produtiva, você precisa ter pessoal suficiente usando ferramentas de medição de desempenho e recursos modernos de outras áreas.

    Se isso não for possível, reduza a base de abastecimento a um nível administrável, garantindo que seja compatível com os recursos disponíveis.

Conclusão
Saber como fazer a contratação e avaliação de fornecedores é extremamente importante para evitar diferentes tipos de problemas.

Quando bons fornecedores são escolhidos, dinheiro pode ser economizado, já que um serviço mal feito pode significar retrabalho e mais gasto para o condomínio.

A escolha dos fornecedores leva em consideração diferentes aspectos, que envolvem entrega, qualidade, prazo, relacionamento e assim por diante.

Agora, depois das dicas que citamos, esperamos que esteja mais claro como você pode avaliar e contratar os fornecedores do seu condomínio!

Veja mais sobre este tema:


Faça um teste!

Veja todas as funcionalidades em ação.

Startup acelerada por:

B2Mamy   Sebrae   Founder Institute   WeWork Labs