Blog


Conheça a portaria remota para condomínios


Certamente, você já deve ter percebido que as comunicações efetuadas por meio de sistema de segurança sem fio assumem um papel cada vez mais relevante.

Isso acontece porque, além de oferecer as mesmas funcionalidades das redes convencionais, elas apresentam outras características, como mais segurança e diminuição de custos. Com isso, uma quantidade crescente de síndicos tem optado por investir em portaria remota para condomínios.

Uma portaria remota substitui a presença de um porteiro por meio de um sistema de monitoramento e controle online realizado por uma equipe em uma central. Isso inclui procedimentos para entrada e saída de pessoas, abertura e fechamento de portões remotamente, botão de pânico, entre outros.

A seguir, trazemos informações imperdíveis para você ficar por dentro dos prós e dos contras dessa alternativa. Confira!

Principais vantagens da portaria remota para condomínios

Redução nos custos

A redução nos custos refere-se às despesas trabalhistas com funcionários. Com a instalação da portaria remota, não há mais necessidade de manter um porteiro. Consequentemente, a taxa condominial diminui, na medida em que os custos com a contratação do serviço são menores do que os encargos trabalhistas.

Contudo, no início, é provável que você não perceba essa redução, uma vez que os gastos com a implementação do sistema são mais elevados, e o retorno do investimento só poderá ser observado no longo prazo. Dentre esses custos estão: instalação de interfones, geradores de energia etc.

Disponibilidade 24 horas

A equipe de monitoramento e controle da portaria remota para condomínios trabalha 24 horas por dia, a fim de garantir a segurança do local e do perímetro, por meio de câmeras de segurança, sistema de identificação e sensores de movimento.

Ela é capaz de manter um registro detalhado do número de visitantes e da circulação de pessoas, informando o horário de chegada e de saída, além de saber quem são elas. Isso ajuda a evitar invasões e furtos no condomínio.

Prevenção de possíveis conflitos

Com a dispensa dos porteiros, as reclamações trabalhistas passam a não existir. Também não será mais preciso lidar com questões como atrasos de funcionários, cochilos e desatenção durante a jornada de trabalho.

Além disso, reduz-se consideravelmente a possibilidade de acontecer um arrastão ou assalto, pois o acesso ao condomínio fica mais limitado e rigoroso, garantindo mais segurança para todos os moradores.

Principais desvantagens

Dificuldade de adaptação

No geral, as pessoas estão acostumadas com a presença de um porteiro para recepcioná-las, e muitas acabam criando um vínculo afetivo. Com a introdução da tecnologia, há uma perda desse contato humano. Isso pode gerar uma certa resistência por parte dos condôminos.

Outro fator é a dificuldade que alguns moradores, como os idosos, podem ter com o uso de aparelhos tecnológicos. Além disso, o novo sistema altera a rotina de todos os envolvidos, gerando alguns transtornos iniciais.

Possível extravio de encomendas

Com a substituição do porteiro por um sistema de portaria remota para condomínios, o recebimento de mercadorias e de correspondências fica passível de extravio.

Com a ausência dos porteiros, qualquer outro funcionário está autorizado para recebê-las quando os moradores não estiverem em casa. Logo, isso torna extravios ou furtos das encomendas e correspondências possíveis de acontecer.

Falhas no sistema

A qualidade do serviço pode ser menor em comparação a uma rede com fios, pois a largura da banda larga é limitada devido à transmissão de rádio. Caso ocorra lentidão no sistema ou falta de energia, a segurança do condomínio pode ficar comprometida. O ideal é o uso de duas redes para garantir que uma dê suporte à outra quando um dos sinais cair.

Além do mais, a falta de integração entre os sistemas ou o uso de apenas alguns equipamentos pode tornar a portaria remota ineficiente. Por exemplo, ao liberar o acesso por meio de cartões, eles podem ser roubados ou clonados, e qualquer pessoa pode ter acesso ao condomínio.

A tecnologia vem para facilitar a gestão de condomínios, mas alguns cuidados devem ser tomados para evitar que eventuais problemas enfraqueçam o uso da portaria remota para condomínios. Por isso, é importante que você conte com o auxílio de uma empresa especializada.

Aproveite que está por aqui e aprimore seus conhecimentos com nosso Manual do Síndico. Boa leitura!


Faça um teste online!

Veja todas as funcionalidades em ação.