Blog


O que é Mediação Condomínial?


Como um reflexo da sociedade, o condomínio conta com diversas opiniões e crenças diferentes entre os moradores Em muitos casos, essas diferenças acabam por ser as principais razões para a criação e desdobramento de conflitos entre moradores, funcionário e mesmo o síndico.

Muitas vezes, esses conflitos que começam pequenos na área comum dos condomínios, toma grandes proporções e leva a medidas judiciais sem necessidade e envolvem mais pessoas. Esse tipo de situação, além de atrapalhar a boa convivência no condomínio, toma muito tempo e dinheiro de todos os envolvidos, e isso inclui o síndico.

Para evitar esse tipo de situação, muitos síndicos vêm optando pela contratação  e implementação da mediação de conflitos para a solução pacífica de desentendimentos e problemas.

Mas a questão é: O que é a mediação de conflitos?

A advogada e mediadora de conflitos Rosane Fagundes explica para você!

O que é a mediação de conflitos?

A mediação condominial é um método adequado de resolução de conflitos
extrajudicial, que consiste em uma negociação conduzida por um mediador
imparcial e capacitado, que auxilia as partes a retomarem o diálogo, identificarem interesses e necessidades comuns e, através de um método conversacional, encontrarem uma solução satisfatória para ambos.
A mediação condominial tem como fundamentos a comunicação, a cooperação, o sigilo, a confidencialidade, a autonomia da vontade das partes e a boa-fé. O mediador tem como objetivo estabelecer um diálogo respeitoso e produtivo entre os mediandos, buscando um entendimento mútuo e a construção, por eles próprios, de uma solução consensual. Dessa forma, se diferencia da judicialização, que é baseada na disputa entre as partes.

Quando a mediação é necessária?

A mediação condominial pode ser necessária para diversas partes envolvidas na gestão condominial. Para os síndicos, as ferramentas da mediação podem ser úteis na gestão dos conflitos entre os condôminos, entre o condomínio e o condômino, entre o condomínio e terceirizadas, entre seus colaboradores. Além disso, as ferramentas da mediação os auxiliam também na comunicação com os condôminos, na realização de reuniões e assembleias e na tomada de decisões.
Os síndicos podem utilizar a mediação condominial na sua prática de gestão
condominial de diversas formas. Um exemplo é a utilização da mediação para solucionar conflitos já instaurados, e onde a escalada do mesmo possa vir a culminar em violência e ser necessária a interferência da polícia ou abertura de processos judiciais. Outro exemplo, é a utilização das ferramentas da mediação preventivamente, através da realização de reuniões periódicas com os condomínios para identificação antecipada de possíveis problemas, e busca de soluções satisfatórias e preventivas de conflitos futuros.

Quais as vantagens da mediação condominial?

São muitas as vantagens da mediação condominial. Em primeiro lugar, a
mediação é mais célere e menos custosa do que um processo judicial. Além
disso, a mediação foca na preservação do relacionamento e diálogo entre as
partes, que na maioria das vezes, precisam conviver no mesmo ambiente. Por fim, a mediação permite que as partes encontrem uma solução específica e satisfatória para o conflito, o que muitas vezes, não seria possível em uma
decisão judicial.
Qualquer condomínio pode se beneficiar da mediação, independentemente de sua posição no conflito. A mediação condominial pode ser utilizada para
solucionar diversos tipos de conflitos, como questões relacionadas a barulho,
desavenças, vagas de garagem, animais de estimação, convivência em áreas
comuns, infiltrações, obras, inadimplência, entre outros. Qualquer condomínio pode se beneficiar da mediação, independentemente de sua posição no conflito. A mediação também pode ser utilizada preventivamente, evitando que os conflitos se transformem em processos judiciais intermináveis.
As administradoras de condomínios também podem se beneficiar da mediação condominial, uma vez que a solução de conflitos de forma mais rápida e mais eficiente contribui para a satisfação dos clientes e para a redução de custos com processos judiciais. Além disso, a mediação se torna uma ferramenta útil para a melhoria do relacionamento entre a administradora, condomínio e os condôminos, na fidelização dos clientes, além de agregar valor à imagem da empresa.
Os terceirizados que prestam serviços no condomínio também podem ser
beneficiados pela mediação condominial. Em situações de conflito entre os
terceirizados e os condomínios ou entre os terceirizados e a administração do condomínio, a mediação pode ser uma alternativa para a solução mais adequada e eficiente do conflito, evitando a rescisão do contrato de prestação de serviços e preservando o relacionamento entre as partes.
Desse modo, fica evidente o quanto a mediação se torna útil na gestão
condominial, na convivência dos condôminos e na construção de uma cultura mais colaborativa dentro do condomínio.

O que diz a lei?

A legislação brasileira prevê a mediação condominial como uma forma de
solução de conflitos, sendo regulamentada pela Lei de Mediação (Lei nº
13.140/2015) e pela Lei de Condomínios (Lei nº 4.591/1964). A mediação
condominial deve ser realizada por mediador autônomo, had doc, ou que esteja vinculado a alguma Câmara de mediação.

Siga também nossas atualizações no Instagram
 
Siga também nossas atualizações no TikTok
DOWNLOADS









NEWSLETTER
Em primeira mão, nossos principais posts diretamente no seu email.

ÚLTIMOS POSTS



TAGS:

  • Getting Started
  • sistema para condomínios
  • organização
  • síndico profissional
  • síndico
  • estoque
  • condomínio online
  • segurança em condomínio
  • manutenção em condomínios
  • dicas
  • sistema de reservas
  • legislação
  • finanças
  • comunicação
  • transparência em condomínios
  • moradores
  • aplicativo para condomínios
  • manutenção predial
  • limpeza
  • evento
  • case
  • tecnologia
  • sustentabilidade
  • administradora de condomínio
  • iot
  • encomendas
  • airbnb
  • segurança
  • assembleia virtual
  • academia
  • corona vírus
  • financeiro
  • inter
  • assembleia
  • mediação
  • conflitos
  • condomínio
  • mediador
  • ART
  • Obra
  • Unidade do morador
  • norma
  • curso
  • rotinas
  • cursodemanutençãopredial
  • app para condomínios
  • gestão eficiente
  • transparencia
  • capacitação
  • treinamento
  • reforma tributaria
  • taxas condominiais

  • Faça um teste!

    Veja todas as funcionalidades em ação.

    Startup acelerada por:

    Baita   Inovativa   Founder Institute