Blog


Veja quais são as atribuições do síndico de condomínio no fim do ano


Um condomínio requer a existência de deveres e direitos para todos os condôminos. Além disso, é necessário um funcionamento adequado das áreas comuns, manutenção das instalações, garantia de segurança e estar com as contas em dia. Como se sabe, para administrar todas as demandas, o papel do síndico é extremamente importante e o trabalho deve ser realizado com transparência e comprometimento.

No final do ano, mais situações devem ser analisadas e merecem atenção por parte da pessoa que exerce este cargo. Você sabe quais são esses pontos? Pensando nisso, neste post elencamos as principais atribuições do síndico de condomínio nessa época. Boa leitura!

1. Previsão orçamentária

A previsão orçamentária pode ser considerada o primeiro passo para se obter uma gestão financeira de qualidade. Ela deve ser baseada nos gastos do ano vigente, levando em consideração alguns pontos, como inflação, inadimplência, dissídio dos funcionários, décimo terceiro e férias, além de outras questões a serem negociadas.

Com o objetivo de que a previsão orçamentária tenha todos os dados necessários para o funcionamento do condomínio, vale a pena fazer uma simples conta durante os meses do ano, considerando os gastos gerais, incluindo manutenção, água, luz, limpeza, segurança, entre outros. 

Ela deve ser elaborada entre os meses de novembro e dezembro. O síndico deve ter em mente que se trata de uma ferramenta imprescindível para uma gestão financeira de sucesso, fazendo com que apenas o essencial seja gasto, e o fluxo de caixa seja mantido de forma saudável. 

2. Decoração de natal

Nada mais simbólico para o fim de ano do que a preparação para o Natal. Com essa comemoração, vem também a tradição de enfeitar os condomínios com árvores típicas e luzes da época. Difícil aquele local que não coloque nem mesmo uma luzinha para dar brilho ao seu jardim. 

Para isso, antes de qualquer coisa deve haver um planejamento sobre o quanto deve ser gasto com a decoração. Caso esse tipo de ornamentação já esteja previsto no orçamento anual, é provável que não vá precisar de nenhum tipo de rateio. Do contrário, vale levar a sugestão para votação em assembleia, tanto se vai ter a ornamentação quanto o valor que será gasto caso seja aprovado.

3. Segurança

O final do ano traz suas particularidades. Em algumas cidades, é marcado pelo esvaziamento do condomínio, em razão das férias e festas. Condôminos viajam e nem sempre se preocupam com as medidas de segurança necessárias ao período. Sendo assim, cabe à administração alertá-los e orientá-los sobre a questão. 

No entanto, em outros locais a situação é exatamente o contrário: por contar com pontos turísticos, ficam mais cheios que o habitual. Dessa forma, é necessário criar um clima de colaboração e de comunidade entre os moradores, incentivando ações sociais, encontros, e compartilhando materiais de segurança. 

​Além disso, funcionários precisam estar sempre alertas. Pessoas mal-intencionadas sabem que esse é o momento certo para as ações nos condomínios. Por isso, ofereça cursos e sempre deixe-os bem orientados sobre as normas do prédio.

4. Impostos

No mês de março, o condomínio deve estar em dia com a Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte, conhecido como DIRF. Por essa razão, aproveite o final de ano para reunir todos os documentos e guias necessários. Começar cedo contribui para que esse minucioso trabalho dê certo no momento de entregar as declarações. 

Como você pôde perceber, no final do ano as atribuições do síndico de condomínio aumentam e alguns pontos merecem total atenção por parte do profissional. Preocupando-se com antecedência aos itens explicados, as chances de algo dar errado diminuem significativamente, permitindo ao síndico um final de ano com mais tranquilidade e transparência aos condôminos.

Além disso, contar com um app para é muito indicado para uma melhor gestão. A partir dele, os moradores podem interagir com a administração, além de serem notificados sobre o recebimento de visitantes e encomendas, o que garante maior segurança nessa época. 

Gostou deste conteúdo? Que tal entender um pouco mais sobre o que deve ser observado no manual do síndico? Boa leitura!


Faça um teste online!

Veja todas as funcionalidades em ação.

Startup acelerada por:

B2Mamy   Sebrae   Founder Institute