Blog


4 dicas para garantir a segurança do condomínio no período de festas


Com as festas de fim de ano, é comum que aumente fluxo de pessoas no condomínio. Visitas de parentes, confraternização de amigos e outros eventos são comuns entre os condôminos, atraindo vários visitantes. Por outro lado, alguns moradores viajam, deixando algumas unidades vazias.

Infelizmente, todos esses fatores são de conhecimento de ladrões, que acreditam ser essa uma época propícia para as suas atividades. Portanto, é fundamental que o síndico reforce a segurança do condomínio para assegurar a tranquilidade dos residentes e evitar prejuízos. 

Pensando nisso, preparamos este post listando 4 dicas para você  garantir a segurança no período de festas. Confira!

1. Adote critérios rigorosos para liberar a entrada

Uma das principais dicas é ter um bom controle sobre as pessoas que entram no condomínio. A melhor forma de fazer isso é implementar um sistema para autorizar os visitantes e monitorar os acessos. O ideal é que os moradores enviem uma lista de convidados sempre que forem promover uma festa, facilitando a fiscalização realizada pela portaria. 

Aqui, os sistemas de portaria online são uma ótima alternativa. Os moradores incluem as informações por meio do sistema, agilizando todo o processo. A fim de garantir a segurança do condomínio, também é fundamental treinar os porteiros sobre os procedimentos para liberação da entrada de visitantes. 

2. Limite o número de pessoas nas áreas comuns

Os condomínios costumam ter regras referentes à circulação e ao uso das áreas comuns, como limitação de horários, volume do som e normas de limpeza após as festas. Porém, também é importante determinar o número máximo de pessoas para os eventos. 

Esses limites são necessários para a segurança de todos e permitem um bom controle de todos os convidados. Portanto, as regras devem ser discutidas e avaliadas nas assembleias de condomínio e os moradores precisam ser conscientizados da importância de seguir essas normas.

3. Oriente os moradores a limitar o acesso da visita

Um ponto importante é solicitar aos residentes para que eles expliquem aos visitantes em quais áreas eles podem circular. O acesso às áreas privativas (exceto do condômino que fez o convite) e aos outros andares do prédio deve ser evitado. Os outros moradores podem se sentir inseguros com a circulação de estranhos, gerando problemas e desconforto.

 Outra dica diz respeito ao  recebimento de encomendas: é comum que os domiciliados  autorizem a entrada dos entregadores para receber o produto na porta das suas residências. Porém, como é mais difícil manter o controle sobre a circulação dessas pessoas, o ideal é que eles desçam e recebam os pacotes na portaria. 

4. Peça aos condôminos que informem suas viagens

Nessa época, muitos moradores optam por viajar para tirar férias ou visitar parentes em outras cidades, deixando a sua unidade vazia. Uma boa medida de prevenção é que eles comuniquem sobre a ausência. Se necessário, alguns funcionários do condomínio, como o porteiro e os zeladores, também podem ser comunicados.

Assim, fica mais fácil evitar o acesso de pessoas desconhecidas à habitação e identificar movimentações estranhas, permitindo que o condomínio tome as medidas cabíveis o mais rápido possível. 

Para reforçar a segurança do condomínio, o síndico, além de realizar assembleias previstas no estatuto, precisa estabelecer uma boa comunicação com todos os residentes e trabalhadores no sentido de orientá-los sobre as medidas necessárias para isso:  e solicitar a colaboração  de todos para que implementação seja bem-sucedida.  Assim, todos estarão comprometidos com o cumprimento  das regras para garantir um ambiente seguro.

Gostou do tema deste post? Para outras informações importantes para o seu condomínio, assine a nossa newsletter e receba as nossas atualizações direto no seu e-mail!


Faça um teste online!

Veja todas as funcionalidades em ação.

Startup acelerada por:

B2Mamy   Sebrae   Founder Institute